PUBLICIDADE

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Qual a melhor hora do dia para treinar?



A hora de treino é um fator muito importante para qualquer desportista. Os atletas profissionais fazem as suas planificações segundos vários fatores, e um deles incide sobre a hora do seu treino. Esta hora vai depender da competição, da modalidade e do próprio atleta.
Para nós, atletas amadores, a hora de treino depende de outros fatores, um dos principais é a disponibilidade, por razões de trabalho ou familiares. Mas, convém sabermos que há horas melhores que outras. Portanto, se a nossa vida nos permitir, vamos escolher a melhor hora, de acordo com os nossos objetivos.
De acordo com o American Council on Exercise os grandes momentos do treino podem dividir-se desta forma:

Treino de manhã cedo

Acordar cedo, hidratar-se, fazer uma alimentação muito ligeira ( ex .uma banana) e fazer entre 45 minutos a 1 hora de treino físico. Segundo alguns estudos, as pessoas que treinam logo após acordar tendem a ser mais pacientes e praticar com mais frequência , do que aqueles que se exercitam em outras ocasiões dia. É necessário muita disciplina e motivação, pois acordar às 6 ou 7 da manhã, dependendo da hora a que se entra ao trabalho, requer disciplina e gosto.
É o treino ideal para quem quer perder peso, uma vez que vai ativar o organismo logo no início do dia. A esta hora a produção de cortisol está no seu máximo. O cortisol serve para ajudar o organismo a controlar o stresse, reduzir inflamações, contribuir para o funcionamento do sistema imunitário e manter os níveis de açúcar no sangue constantes, assim como a pressão arterial. Vai ser a hora em que vai conseguir eliminar mais gorduras do seu corpo e produzir uma maior sensação de bem-estar para o dia de trabalho, e um melhor sono à noite, devido à produção de substância como a dopamina e endorfinas. Estudos de uma Universidade da  Carolina do Norte demonstraram que  o exercício pela manhã reduz a pressão arterial em geral  25% a mais do que se o treino for à noite.

Treino a meio da tarde

A maioria dos estudos aponta que esta é a melhor hora para treinar e para competir. Normalmente é a hora onde se batem os records. O corpo está preparado para sofrer estímulos fortes. Isto é em parte devido à testosterona, que parece responder melhor ao esforço neste momento do dia, mas também porque a nossa temperatura corporal está no seu pico.  Entre as 14h às 18h o corpo está naturalmente quente. Sentimo-nos mais fortes e mais flexíveis (até 20% a mais). Os pulmões estão a funcionar em plena capacidade e aumentam a sua resistência física para exercícios mais difíceis. Portanto, para quem pode, esta será a hora ideal. A menos que estejamos no Verão, com temperaturas muito elevadas…

 Treinar à noite

Esta é a hora em que normalmente treino. Claramente que não é a melhor hora para treinar. No final de um dia de trabalho as energias já não são as mesmas. Além disso, o treino noturno interfere com o sono, especialmente se for um treino de maior exigência física. Quem opta, ou só pode treinar a esta hora, deve fazer um bom lanche a meio da tarde e após o treino deve fazer uma refeição bastante ligeira, uma vez que passado pouco tempo irá para a cama. Infelizmente para mim é difícil treinar a outra hora. Vou tentar mudar esta minha hora de treino. Honestamente, não sei se serei capaz de me levantar muito cedo para treinar. Mas, em breve, vou  tentar optar por isso. Noto que cada vez me deito mais tarde, em especial nos dias em que treino com mais intensidade… e as vantagens de um treino matinal são muitas. Treinar a meio da tarde é-me impossível:-(

Carlos Oliveira

5 comentários:

  1. Pessoalmente, sempre que posso escolher, é ao fim da tarde que gosto de treinar

    ResponderEliminar
  2. Quando consigo também gosto. Mas a questão familiar nem sempre permite. Ir buscar o filho, organizar as coisas em casa, etc... Quando vou é com meu filho. Ele de bicicleta e eu a correr. Mas isso nem é um treino:-) Vou começar de manhã. Por causa dos treinos ganhei uma rotina de deitar tarde que tenho de corrigir aos poucos...

    ResponderEliminar