PUBLICIDADE

domingo, 19 de outubro de 2014

Beber infusões de chá após o treino. Sim ou não?

A hidratação antes, durante, e após a atividade física é uma regra fundamental do desportista. Muitas vezes a dúvida que surge é o que beber para melhor se hidratar. Tendo ouvido e lido alguns comentários sobre beber infusões de chá, deixo a minha opinião.

A hidratação, num treino ou atividade regular, deve ser feita essencialmente com água. É a forma mais natural de hidratação e não corremos o risco de estar a beber substâncias que nos prejudicam mais do que o que nos beneficiam. A toma de bebidas isotónicas, ricas em sais minerais, deve também ser deixada apenas para dias de treino mais exigentes.

No que respeita às infusões de chás há muito a falar. As variedades de chá são imensas, com várias funções específicas, o que prejudicar bastante o atleta, se este estiver a tomar o chá errado. Há chás estimulantes, diuréticos, calmantes, etc.  Qual devo então escolher?

Muito se tem falado e escrito do chá verde e da sua importância para o desporto. O chá verde, a ser tomado, deve ser antes do treino. É essencialmente um chá estimulante, que ajuda no aceleramento do metabolismo e possui um forte efeito antioxidante, logo é importante antes do treino, uma vez que os efeitos antioxidantes ajudam a eliminar o efeito de fadiga e aumentam na resistência ao exercício físico. Apesar de ter lido, em alguns lugares, o contrário, o chá verde não deve ser tomado após o treino. Se tem um efeito estimulante, se tem efeito diurético, se tem cafeína, não deve tomado após… tal como qualquer bebida com cafeína.

Alguns dos principais tipos de chás:

Chás Estimulantes: Estes chás podem ser tomados antes dos treinos. Temos como exemplo o chá verde, o chá preto, o chá de gengibre e o chá de ginseng. Não devem ser tomados após o treino pois, para além de e possuírem cafeína, também possuem algum efeito diurético, eliminando sais minerais que já estão em perda no organismo. Não esquecer que ao transpirar perdemos água e sais minerais importantíssimos para o normal funcionamento do organismo.

Chás diuréticos: estes chás devem ser completamente evitados pelos desportistas. São chás que eliminam alguns sais minerais importantes, como o sódio e potássio. Ora, durante a atividade física são esses os sais minerais que mais perdemos, portanto precisamos é de os recuperar! Temos como exemplo destes chás: chá de alcachofra, carqueja, hibisco e dente de leão.

Chás calmantes: Os chás calmantes poderão ser os mais indicados para um pós treino. Para além do seu efeito calmante permitem a ingestão dos líquidos de que necessitamos, juntamente com algumas vitaminas. No entanto, continuam a ter algum efeito diurético, pelo que não devemos abusar desses chás… Exemplo de chás calmantes: camomila, tília, erva-cidreira.

Deixando a minha opinião muito pessoal, e tendo em conta a tão grande variedade de chás existentes, digo que não devemos beber infusões de chá após o treino. Sei que serei muito criticado pelos defensores dos chás que lerem este artigo, mas assim penso. Os chás são importantes, são uma ótima bebida. Mas, após a atividade física, devemos beber água, muito pontualmente bebidas recuperadoras isotónicas ricas em potássio, magnésio e sódio, e deixar as infusões de chás para outros momentos do dia.
Bons treinos.

Carlos Oliveira


1 comentário:

  1. As vezes bebo chá de frutos vermelhos (descafeinado), mas sinceramente desconheço as propriedades, se é calmante, excitante ou mesmo diúrico

    ResponderEliminar