PUBLICIDADE

quarta-feira, 8 de junho de 2016

78.ª Volta a Portugal em Bicicleta - Inédita em várias situações: São Macário, duas subidas à Torre, passagem no troço de terra da especial de rally da Lameirinha.

Está lançada a volta a Portugal em Bicicleta.
Com três excelentes etapas de montanha, a Volta deste ano vai ter montanha em quantidade e qualidade, o que aumenta sempre a espetacularidade das etapas.
Dou um especial destaque à etapa 5, com uma passagem inédita pelas “montanhas mágicas” da Arada e S. Macário.  A subida de S. Macário é, muito provavelmente, a subida mais dura a realizar em Portugal Continental, isto retirando as subidas na serra da Estrela. É uma categoria especial quando se faz até ao topo, com a parte final a cerca de 17%. No caso da passagem deste ano, ficará por uma categoria 1, pois a cerca de 1km do topo segue para a serra da Arada. Vai ser um momento espetacular, espero que já com transmissão televisa. As imagens de helicóptero vão permitir ver a beleza desta serra, com especial enfoque na Aldeia da Pena e as lagoas e quedas de água espalhadas pela serra. Essa etapa segue para Viseu, onde termina. Espero que seja a preparação para um fim de etapa no S. Macário, nas próximas edições da Volta.

Na etapa seguinte, a sexta , também a particularidade de duas subidas à Torre, mas sem a beleza de terminar em alto. Pois, após a última subida, descem em direção à Guarda. Vai ser uma etapa onde a montanha vai ser decisiva também pela dificuldade da descida final, apesar de ainda longe da meta.  Para mim, fica a tristeza de não terminar no ponto mais alto de Portugal continental.
Antes disso, não esquecer na 2.ª etapa, a passagem pelo troço de terra da especial da Lameirinha, em terra batida, que coincide com uma subida de 2.º categoria, no "salto da Pedra Sentada". 
Quanto às equipas, que estejam fortes, dentro daquilo que sabemos. Sporting, Porto, Caja Rural, e outras equipas Continental fazem parte do grupo de equipas que vão animar as estradas nacionais. Se vierem com os seus melhores elementos, poderá ser uma Volta bastante competitiva.

Como já foi referido, por imensas equipas estrangeiras, temos trajeto, temos público, temos excelente cobertura televisiva.... Vamos ter VOLTA!

Sem comentários:

Publicar um comentário