PUBLICIDADE

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Ligação do Algarve ao Minho em Ciclovias?

Conhecer Portugal de Bicicleta

Dentro de dois anos, Portugal deverá ter um total de 900 quilómetros de rotas dedicadas a cicloturistas, com a aprovação da criação de um percurso de 700 quilómetros para turistas de bicicleta entre Sagres e Caminha, ao longo de toda a costa atlântica portuguesa.
Até agora a rede europeia Eurovelo, destinada ao cicloturismo, que totaliza 70 mil quilómetros distribuídos por 14 rotas, contava apenas em Portugal com uma extensão de duas centenas de quilómetros, entre Vila Real de Santo António e Sagres, incluídos na rota 1 do sistema europeu, que percorre a costa atlântica da Europa desde o Norte da Noruega, passando pelo interior espanhol.
“Os trajetos destinados a cicloturistas apenas podem incluir ciclovias, ecovias e estradas com pouco trânsito ou de circulação a baixa velocidade.
Não são conhecidos os números das pessoas que fazem cicloturismo na Europa, mas estudos realizados indicam que um turista de bicicleta deixa em média, numa localidade onde pare, 31 euros, enquanto outro que se desloque de carro apenas gasta 9,2 euros.
No caso português, a nova rota deverá atrair milhares de turistas por anos, atendendo à procura até agora registada, mas que não podiam ser satisfeita por inexistência de percursos destinados a andar de bicicleta, acrescentou Miguel Barroso.
O grande entrave até ao momento regista-se no concelho de Oeiras, caso não seja criadas as condições exigidas. Em causa está o troço de 5,8 quilómetro da Marginal entre Lisboa e Cascais que atravessa aquele concelho e cujo tráfego intenso o exclui de integrar uma rota onde, a circularem automóveis, terão que ser em baixo número e a velocidades reduzidas. Ainda recentemente veio a público a informação que ainda não é para 2015 que esta obra vai arrancar. Mais uma vez vai ser adiada.
Esperemos que este grande projeto se concretize, pois só faltarão algumas ligações pontuais. Uma boa parte da nossa costa já tem ciclovias… Penso que muitos de nós irá tirar uns dias valentes de férias para conhecer uma boa parte do país, sem pagar portagens!

Fonte: Pedais.pt


Sem comentários:

Publicar um comentário